Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ohhmaeee...

Eu, nós, eles, e o mundo à nossa volta.

Ohhmaeee...

Eu, nós, eles, e o mundo à nossa volta.

20
Out21

(...)

Mãede2

Presenciei há dias algo que me deixou para além de angustiada, bastante chocada com a maneira como o ser humano consegue agir em momentos que se para uns, que de longe o tempo pára à espera, o coração apertado, são de dor e sofrimento, para outros consegue ser levado para um nível de desrespeito impressionante! Talvez seja apenas eu que me choque com demasiada facilidade, mas a minha incredulidade perante tamanha grosseirice e insensibilidade deixa-me (ainda) tremendamente estupidificada !! 

Sem me alongar demasiado sobre o tema, deixo-vos um texto que me surgiu quase no momento. Perdoem-me a franqueza ...

Ouvem-se gritos aflitos, alguém a pedir ajuda, a Vida pára ...

Parou a vida, não para se prestar auxílio ao corpo caído, mas para assistir, como se de uma rodagem de filme se tratasse, pois também houve quem filmasse. Param todos para ver, comentar, não  mais do que atrapalhar!

E depois do "espetáculo" terminar, lá se vai dispersando  o cortejo, pois já não há nada para "ser visto", acabou-se o interesse.

Alguns mais curiosos permanecem ainda especados, outros passam rente ao corpo estendido no chão, no saco já arrumado, indiferentes, como se de simples lixo se tratasse ...

 Os pequenos no colo assistem. Penso: O que perguntariam os meus filhos? .. e o que lhes responderia eu?! ...