Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ohhmaeee...

Eu, nós, eles, e o mundo à nossa volta.

Ohhmaeee...

Eu, nós, eles, e o mundo à nossa volta.

15
Fev22

Então e aquilo que nós achamos?

Mãede2

"Eu acho, tu achas, ele acha..." Muito (se) acham as pessoas!

Queremos mudar-nos para o interior, um sonho já antigo, apesar de alguns pensarem (ou acharem) que "abanámos um dia uma árvore e caiu de lá esta ideia"...🤨

Surgiu-nos agora essa oportunidade. Já tive a felicidade de experienciar a tranquilidade que só a vida no campo nos pode oferecer e não existe para mim nada igual. Pois está claro que há sempre quem não concorde, nem toda a gente pode ter a mesma opinião, ou o que seria então do amarelo não é verdade?! Há quem ache burrice, há até quem ache perda de qualidade de vida para os nossos filhos... (Hmmm...esta para mim é a mais disparatada.. na minha modesta opinião!) Cada um tem, claro que sim, todo o direito de pensar o que quiser. Não quero tirar a ninguém o direito de opinião. Pois, nós achamos o contrário. Temos valores diferentes. O que pensamos ser bom para a nossa família pode não ser o que outros queiram para a sua. Para nós a felicidade está em fugir do reboliço da cidade, do mar de fumo, do mar de gente, de carros e de ruídos. Para nós qualidade de vida é mostrar aos nossos filhos que se pode viver com pouco e ainda assim usufruir do tanto que a natureza nos dá. Esse é para nós o significado de felicidade. E nós acreditamos que vamos em busca da nossa felicidade, em busca da verdadeira lotaria (pelo nosso modo de ver e de viver). A nossa lotaria, a nossa qualidade de vida, o nosso bem estar. Os nosso filhos podem, quando tiverem idade para tal, pensar por eles de outra forma. Por agora, seguem a nossa ideologia.

É o nosso modo de pensar, não o impomos a ninguém, não aceitamos por isso que nos queiram impôr a nós os seus. A todos os achares e achados, como dizia o outro, achado não é roubado! Nós cá achamos que vamos ficar bem. E se não ficarmos cá nos arranjamos.